Gravidez e Lactação: como escolher os melhores alimentos

pregnancy
(Photo: Rawpixel)


Água:
mantém a hidratação e reduz o risco de prisão de ventre. Beba muita água, chás, sumos naturais (sem adição de açúcar) e água de coco.

Leite e derivados (iogurte, queijo): dê preferência aos produtos meio-gordos ou magros, pois tem a metade da quantidade de gordura e energia e a mesma quantidade de proteína e cálcio. São uma excelente fonte de cálcio, que é muito importante para formação e crescimento dos ossos e dentes, entre outros processos metabólicos importantes que tem lugar nesta fase.

Outras fontes de cálcio incluem: peixes enlatados (sardinhas, atum, salmão), gergelim (e outras sementes), feijões e lentilhas, tofu, alimentos/bebidas fortificadas com cálcio e vegetais de folhas verde escuras (exemplo: Tseke).

Carnes, feijões e ovos: são uma excelente fonte de proteína (importante para o crescimento do bebé) e fonte de ferro, que é extremamente importante para prevenção da anemia. Associe sempre uma fonte de Vitamina C (laranjas, ananás, papaia) quando consumir alimentos ricos em ferro, pois a Vitamina C melhora a absorção do ferro. Dê preferências as carnes e cortes magros.

Frutas, verduras e legumes: são a melhor fonte de vitaminas e minerais, tais como a vitamina A (importante para visão e sistema de defesa), vitamina C (importante para absorção do ferro), ácido fólico (importante para formação do sistema nervoso do bebé) para além de possuírem as fibras que são muito importantes para prevenção da prisão de ventre e hemorróidas (que nesta fase tornam-se mais comuns).

Peixe e mariscos: são ricos em proteína (importante para formação do bebé e da placenta), ômega 3 e ômega 6 (são essenciais para o desenvolvimento intelectual do bebé) e iodo, que é importante para a prevenção do bócio e de atraso mental.

Cereais: aumentam a quantidade de energia na dieta, dão maior sensação de saciedade e são também uma excelente fonte de fibras. Escolha de preferência os cereais integrais pois são excelentes fontes de vitaminas e minerais (micronutrientes) e de vitaminas do complexo B.

Gorduras e azeites: deve-se limitar ao máximo o consumo de margarina, manteiga, natas, banhas, embutidos, castanhas e amêndoas, gordura vegetal, maionese, azeitonas e abacate; pois estes alimentos são riquíssimos em energia. Prefira os óleos de origem vegetal (girassol, algodão e soja).ÁGU

Alimentos fortificados: prefira ter alimentos fortificados em casa, para consumo. Os alimentos fortificados são veículos (meio de oferecer) para micronutrientes como: ferro, iodo, vitamina A e vitaminas do complexo B. Para reconhecer se o alimento é fortificado procure, na embalagem, o símbolo do CONFAM.

Existem alimentos que devem ser evitados durante a gravidez e lactação?

SIM. Durante a gestação evite alimentos processados e ultra-processados, alimentos ricos em gorduras ou e açúcares, excesso de sódio (sal de cozinha), alimentos não pasteurizados, alimentos mal-passados, crus ou cuja proveniência não seja segura (carnes), evite embalagens que estejam defeituosas (latas ou ovos rachados) e ou qualquer alimento ou bebida que tenha sofrido alteração (cor/aparência, odor ou sabor).

Motivo: o consumo destes alimentos está associado ao surgimento de problemas de saúde (diabetes, hipertensão) pois são alimentos industrializados, em que há uma perda significativa de nutrientes e há acréscimo de aditivos alimentares.

Para o caso de alimentos que venham em embalagens defeituosas ou que não estejam devidamente cozidos há o risco de estes estarem contaminados por microrganismos tóxicos e de lhe causar alterações gastrointestinais ou aborto.

Para além de que estes alimentos não agregam valor nutricional para si, como futura mãe e nem para o bebé que está em formação.

Na lactação, evite alimentos que possam ser formadores de gases (feijões, brócolis, repolho, alimentos com muito açúcar) ou alimentos muito condimentados e picantes, pois estes alimentos são transferidos através do leite para o recém-nascido, que ainda tem o sistema digestivo em maturação levando a desconforto e noites infindáveis de cólica e choro.

O sal deve sempre usado com moderação e sempre use o iodado.

—-

Escrito Por: NUTRIR | Assessoria em Nutrição

Avatar

NUTRIR

Autor Desde:  26/09/2019

A NUTRIR é a primeira empresa moçambicana de Assessoria em Nutrição, composta exclusivamente por nutricionistas de base!

Oferece produtos nas áreas de:

- Saúde corporativa/institucional
- Atendimento nutricional domiciliário
- Educação em nutrição
- Marketing Nutricional de produtos
- Unidades Produtoras de Refeições
- Segurança Alimentar e Nutricional
- Nutrição Clínica